quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Exercício de Interpretação Textual (SPAECE - III)


EXERCICIO EXTRA – SPAECE
Texto I: para a questão 01
http://4.bp.blogspot.com/-_7PsJ8V9DvI/TkwmpbL7DDI/AAAAAAAAACI/wgXORDGRcSg/s400/clip_image002.gif
01- De acordo com o texto acima
a) A via por onde os carros trafegavam não existia sinalização.
b) O carro do motorista e a moto não têm mais concerto.
c) O motorista do carro morreu no acidente ao ultrapassar.
d) O motorista do carro obedeceu à velocidade permitida.
e) Quem ultrapassa tira a vida somente de outras pessoas.
Texto II: para as questões de 02 a 05
A INTELIGÊNCIA ANIMAL
Há muito vem sendo estudada a possibilidade de haver, no reino animal, outros tipos de inteligência além da humana. Vejam, por exemplo, o golfinho. Dizem que esses simpáticos mamíferos pensam mais rápido do que o homem, têm linguagem própria e também podem aprender uma língua humana. Além disso, chegam a adquirir úlceras de origem psicológica e sofrem stress por excesso de atividade.                           (Cláudio Moreno)
02- O golfinho serve de exemplo comprovador de que:
a) há animais que não pensam tão rápido quanto o homem.
b) outros animais também possuem inteligência humana.
c) o homem não pode falar com os golfinhos.
d) outros mamíferos também podem falar a nossa língua.
e) há animais que pensam como os humanos.
03- Palavra que, no texto, se refere a golfinho, evitando a sua repetição, é:
a) animal                       c) inteligência                e) linguagem
b) mamíferos                 d) reino
04- “Dizem que esses simpáticos mamíferos...”; a utilização da forma verbal dizem mostra que:
a) a ciência já estudou a questão.
b) há certeza no que se diz.
c) o autor não acredita no que é dito por outros.
d) ainda há possibilidades de haver erro no que é dito.
e) ainda não houve livros publicados a respeito desse assunto.
05- Após a leitura do texto, podemos dizer que os golfinhos:
a) não são inteligentes.          d) são diferentemente inteligentes.
b) são pouco inteligentes.      e) são humanamente inteligentes.
c) talvez sejam inteligentes como os humanos.
Texto III para as questões 06 a 08.
Índice.png
06- A charge acima sugere que
a) todos os candidatos são extremamente confiáveis.
b) é preciso por a mão no fogo pelos candidatos.
c) o eleitor se decepcionou com seu candidato.
d) não há candidatos honestos no Brasil.
e) o candidato machucou a mão do eleitor.
07- A expressão “botar a mão no fogo” representa
a) respeito           c) confiança           e) descuido
b) amizade          d) coragem
08- Na frase: “O que foi isso home?” A palavra sublinhada mostra que a personagem é uma pessoa que
a) é fina e elegante.                 d) tem pouco estudo.
b) é simples e humilde.           e) nasceu em outro país.
c) é muito divertida.
Texto IV: para a questão 09.
O Cão e o Homem
“Se você recolher um cachorro que morre de fome e o tornar próspero, ele não o morderá. Está aí a diferença principal entre um cão e um homem.” (Mark Twain)
09- O defeito humano criticado pelo autor é a:
a) antipatia           b) ingratidão           c) violência
d) grosseria          e) inveja
Texto V: para a questão 10.
Índice.png
10- Essa campanha tem objetivo de
a) conscientizar os carnavalescos para o uso da camisinha.
b) mostrar a idade certa para o carnavalesco usar a camisinha.
c) aumentar a venda de camisinhas no período do carnaval.
d) incentivar a compra da camisinha durante o carnaval.
e) criticar o carnavalesco pelo uso da camisinha no carnaval.
Texto VI: para as questões 11 e 12
 Índice.png
opovo.uol.com.br
11- Segundo a charge, o poluente que está destruindo, com maior intensidade, o planeta Terra é
a) a não reciclagem do lixo.
b) as grandes queimadas.
c) a contaminação do solo por agrotóxicos.
d) a poluição das águas dos rios.
e) a emissão de gases poluentes.
12- O texto acima apresenta uma linguagem contendo
a) somente a forma verbal
b) somente a forma não-verbal
c) somente símbolos e sinais.
d) a forma verbal e não verbal
e) em forma de códigos
Texto VII: para a questão 13.
OLHA A NOSSA BANDEIRA COMO ESTÁ FICANDO
Índice.png

http://heliorubiales.zip.net

13- (ENEM) A figura é uma adaptação da bandeira nacional. O uso da imagem no anuncio tem como principal objetivo
a) mostrar à população que a Mata Atlântica é mais importante para o país do que a ordem e o progresso.
b) criticar a estética da bandeira nacional, que não reflete com exatidão a essência do país que representa.
c) informar a população sobre a alteração que a bandeira oficial do país sofrerá.
d) alertar a população para o desmatamento da Mata Atlântica e fazer um apelo para que as derrubadas acabem.
e) incentivar as campanhas ambientalistas e ecológicas em defesa a Amazônia.
Texto VIII: para as questões 14 e 15.
Índice.png
14- A charge acima faz uma crítica
a) ao futebol brasileiro.
b) a programação da TV.
c) aos escândalos no senado.
d) as emissoras de TV brasileira.
e) as pessoas que assistem TV.
15- O personagem da charge se mostra diante da TV
a) decepcionado            c) satisfeito         e) curioso
b) irritado                        d) animado
Texto IX: para as questões 16 e 17.
“Rua escura. Um homem chega para o outro e diz:
– Você pode me dar as horas?
O outro olha o relógio e responde:
– Dez e meia.
O primeiro mostra o revólver:
– Não. Quero todas.”
16- Assinale a afirmação correta em relação a estrutura do texto:
a) o uso dos travessões e aspas foi utilizado apenas como recurso estilístico.
b) os travessões foram usados apenas para reforçar a ideia central do texto.
c) o uso de aspas objetiva chamar a atenção do leitor ao texto.
d) os travessões foram usados para indicar a fala dos personagens dentro da narrativa.
e) o uso dos dois pontos é utilizado para indicar uma citação.
17- A ideia principal do texto é informar
a) as horas ao homem.
b) que a rua estava escura.
c) o roubo do relógio.
d) quem possuía o relógio
e) que é proibido usar arma.
Texto X: para a questão 18.
“Cinto de segurança também no banco de trás. Proteja a vida de quem você ama.”
18- Considerando esse texto como parte de uma campanha educativa, qual seria a sua função principal
a) narrar                     c) relatar                      e) criticar
b) descrever              d) convencer
As questões 19 e 20 referem-se ao texto que segue.
A química do amor
Esqueça a velha máxima que diz que os opostos se atraem. O conceito, afirmam cientistas, só vale para a física e não passa de mito em matéria de relacionamentos. Para os biólogos Peter Buston e Stephen Emlen, da Universidade de Cornell, em Nova York, a escolha de um parceiro é baseada na preferência por pessoas que se assemelham a nós mesmos. “Quem busca um companheiro com valores parecidos com os seus acaba enfrentando menos conflitos no relacionamento. Por isso, tem mais chances de estabelecer laços duradouros e criar filhos com sucesso”, explica Emlen. O estudo contradiz algumas noções que temos sobre as diferentes estratégias de acasalamento praticadas por machos e fêmeas, derivadas da teoria do naturalista inglês Charles Darwin (1809-1882) e defendidas, hoje, pela psicologia evolutiva. Hoje, a ciência já interpreta a formação de casais à luz dos elementos culturais e começa a abrir espaço para contestações. Afinal, existe a fórmula do amor? Os especialistas afirmam que não.
ARTONI, Camila. A química do amor. Galileu. Rio de Janeiro: Globo, n. 146, set. 2003, p. 63. [Adaptado].
19- Destaca-se no texto o recurso argumentativo de
a) desqualificação do oponente.
b) reunião de provas concretas.
c) citação de autoridade.
d) formação de consenso.
e) exposição de vocabulário técnico.
20- A expressão “os opostos se atraem” é retomada, de forma mais ampla e abstrata, por
a) estratégias de acasalamento.
b) conflitos no relacionamento.
c) elementos culturais.
d) fórmula do amor.
e) laços duradouros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário